quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Uma Antiga Fábula sobre Naga

Uma velha fábula indiana conta que, há milhares de anos, vivia em um templo abandonado uma grande cobra venenosa. Seu nome era Naga e ela tinha em geral bons sentimentos, mas despertava terror nos habitantes da aldeia mais próxima porque - quando incomodada - mordia as pessoas. 

Um dia, um sábio desconhecido apareceu misteriosamente no local. Ele sentou-se junto ao templo e chamou Naga para uma conversa. Disse-lhe que a vida é, na verdade, uma grande escola espiritual, e que aprendemos o tempo todo, mesmo quando não temos consciência disso. "Mas", acrescentou, "o aprendizado é muito mais rápido e difícil quando fazemos um esforço por iniciativa própria".


A consciência de Naga se expandiu. Ela viu a luz da sabedoria, e disse que desejava trilhar o caminho consciente. O instrutor mencionou então duas condições básicas para esse tipo de aprendizado.




"O primeiro passo é o autocontrole", disse ele. "O processo sagrado começa quando o aprendiz deixa de obedecer aos instintos animais". E acrescentou, antes de prosseguir viagem: "Ao mesmo tempo, há uma outra condição. É preciso ser fraterno e pacífico
em relação a todos os seres".


Impressionada pela força das palavras do mestre, Naga deixou de lado as preocupações mundanas. Praticou meditação, aproximou-se da sua alma imortal e experimentou a paz do universo infinito. Ela também tomou uma decisão: "De agora em diante, vou controlar os meus instintos e não morderei mais ninguém".


Como a lei da evolução estabelece que todo conhecimento deve ser testado na prática, o novo comportamento de Naga chamou a atenção das crianças da aldeia. Por que razão ela ficava o dia todo imóvel, em jejum, recitando mantras e meditando sob o calor do Sol? Quando todos compreenderam que ela não atacava, começaram os risos, o desprezo e as agressões á base de paus e pedras. Com o tempo, a cobra emagreceu. Adoeceu.
Sua pele começou a cair. Mas ela perseverava.


Um ano depois, o animal estava sem forças e a beira da morte, quando o mestre desconhecido apareceu outra vez e sentou-se para conversar. A cobra contou ao sábio o que acontecera, e falou - feliz - da sua fidelidade ao caminho espiritual. Surpreso com o sofrimento de Naga, o mestre explicou que tamanha dor não era necessária: 


"Amiga, eu disse para você não atacar. Não disse que não ameaçasse morder. Não disse que não preparasse o bote. Não deixe de impor respeito; não faça mal a ninguém, mas - quando necessário - defenda-se sem violência".



(Revista Planeta - 23/novembro/2003)

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Minha Casa Minha Vida - Conexão psicológica com o local de moradia


Bem viver, viver bem, bem-estar, viver em paz! 

Em casa, sob a ótica do feng shui ...
- entregue, atento, centrado, comprometido com seus desafios!
 
Somos energia – isso já está comprovado pela ciência! Então é coerente concluirmos que existe sim uma interação energética entre os imóveis que habitamos e nossas emoções. 

Podemos nos valer de nossa residência para efetivarmos as mudanças que se fazem necessárias. Quadros, tapetes, objetos de decoração cuidadosamente colocados podem nos conectar com nossos objetivos, nossas metas, com nossos desejos de estabilidade, equilíbrio, saúde, harmonia e prosperidade.

Com discernimento, intuição e coerência é possível identificar os elementos necessários para a obtenção desses objetivos em nossos ambientes. Atuar no ambiente externo vai provocar alterações no interno, maximizar insigths, alterar nossas emoções e oportunizar maior autoconhecimento. 

Vestir a casa com carinho, com delicadeza e conceder-lhe a real importância de lar, ninho, colo é decisão de primeira ordem. Arrumar a casa revela outras perspectivas, acelera mudanças, concretiza desejos, traz novas definições!

Atenção para cantos desarrumados, para armários entulhados, livros, revistas e jornais empilhados, roupas sem uso, infiltrações, rachaduras, vasos vazios, jardim abandonado, pintura para ser refeita, pó sobre os incontáveis enfeites da estante que já deixaram de ser vistos...

A Cozinha está com os armários entulhados, uma que outra portinha desalinhada, gaveta meio que emperrada, e o nosso peso está excessivo, o coração apertado, melancolia e solidão? Hummm... Cozinha à nutrição, emoção, afeto.

A espuma do sofá já era ou escapou uma mola?  A Sala está sempre bagunçada, objetos fora do lugar? O abajur com a lâmpada queimada? E os meus amigos, minhas parcerias, há quanto tempo não sei muito bem deles? E os meus objetivos, conseguindo concretizar? Ahhh, tá difícil? ...Sala à relacionamentos sociais, de ordem e questões práticas.

Problemas com intimidade, com o parceiro, vida sexual pra lá de fria, dificuldade em encontrar um companheiro? Vamos olhar para o Dormitório! Roupeiro organizadinho ou roupas sempre em desalinho? Portas que ficam fechadas ou nem mesmo existem? Sem cabeceira, sem quadro na parede, sem decoração acolhedora, sem personalidade? Aiiii.... Dormitório à relacionamentos íntimos, sexualidade.

Vamos pro Banheiro descobrir sobre a transcendência e nossa conexão com o Divino! Louças e azulejos amarelados, rejuntes manchados, torneira pingando, toalhas puídas, espelho oxidado? Quase sem espaço para relaxar e me entregar? Ok, podemos conviver mais um pouco com esse descaso. Usualmente deixamos isso por último! Banheiro à espiritualidade, essência, intimidade.

E a vida profissional? Atualmente está lá no computador a sua expressão! Viajemos até o web space ou ao que chamamos de escritório. É um lugar da casa reservado especialmente para essa função? Criação, formatação, responsabilidades, prioridades, foco, planejamento! Tudo em ordem? Gavetas arrumadas, mesa sem documentos em atraso, agenda organizada? Ok, nada de autoboicote e nem perfeccionismo excessivo!

Vamos olhar pra casa para ‘olhar pra dentro’, vamos decifrar e mudar, criar novos hábitos sem ilusões de impossibilidades. Ter coragem para assumir nossos desejos e nos responsabilizarmos por eles!

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Influências Energéticas dos Arquétipos Vibrantes em 2013



Influências Energéticas dos Arquétipos Vibrantes em 2013
Serpente de Água Yin, pela Astrologia Chinesa
Saturno, na Astrologia Ocidental
O Imperador, 5, pelo Feng Shui
2+0+1+3, na ótica da Numerologia
6, O Enamorado, segundo o Tarot

Somente técnicas que se revestem da qualidade de ferramentas para ajudar nossas ações conscientes a fluir melhor nas mensagens do inconsciente! Somente para nos ajudar a aceitar que Somos Luz e compreender melhor a forma que escolhemos para fazer a integração do Ser com o Estar!

A Serpente, símbolo de espiritualidade antiga, arquétipo Pensador da Astrologia Chinesa, traduz a necessidade do controle da racionalidade integrada à via da intuição, objetivando melhor fluidez da missão divina de cada individualidade.

Saturno, com sua função estruturante, pressiona posicionamentos desafiando medos e inseguranças pessoais. Transitando pelo signo de Escorpião, instiga à descoberta de emoções profundas que fazem a conexão com os desejos da Alma.

O Imperador destituído, estrela 5 no Feng Shui Xuan Kong, potencializa distrações, dificuldades, problemas e contratempos de toda ordem, quando o foco da vida é mantido na ilusão do que se quer e não do que se faz realmente necessário para a evolução essencial.

De acordo com a Numerologia precisamos fluir nas parcerias, nos relacionamentos, com intuição (2) equilibrando racionalidade, ação, foco, inovação (1) adicionando comunicação, criatividade, integralidade (3) confiando no resultado 6 = equilíbrio, estabilidade, trocas afetivas e emocionais harmoniosas. A era atual é vivencial e experiencial, integrar razão com emoção para ir além das crenças limitantes.

Pelo Tarot, o Arcano 6 sinaliza que este ano é decisivo, este é o momento de focar numa escolha cujo caminho viemos nos preparando. Seja na via profissional, emocional, espiritual, não há mais tempo para adiar o chamado do coração. Há que se posicionar no desejo essencial para uma elevação do atual estágio de consciência.

Saber dos potenciais de influências energéticas maximiza o processo de autoconhecimento através de insights evolutivos. A partir deles podemos nos desapegar com mais tranquilidade de características pessoais que acreditávamos explicar quem éramos! Simples assim, sempre oportunidades para nos apropriarmos do poder de Co Criação de uma nova Realidade!

Desejos de luz sintonizada com o tangível do Aqui e Agora!
A Paz é estar Aqui! O tempo é Agora!

Lucimara Stráda

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Arquétipos Regentes do Ano de 2013



Quando falamos de Arquétipos Regentes do ano traduzimos somente algumas técnicas que se revestem da qualidade de ferramentas para ajudar nossas ações conscientes a fluir melhor nas mensagens do inconsciente! Somente para nos ajudar a aceitar que Somos Luz e compreender melhor a forma que escolhemos para fazer a integração do Ser com o Estar!

Saber dos potenciais de influências energéticas maximiza o processo de autoconhecimento através de insights evolutivos. A partir deles podemos nos desapegar com mais tranquilidade de características pessoais que acreditávamos explicar quem éramos! Simples assim, sempre oportunidades para nos apropriarmos do poder de Co Criação de uma nova Realidade!

Lucimara Stráda
www.harmonizare.com.br

Previsões Astrológicas para 2020

Em 2020 todas as estruturas serão testadas a exercitar  o Poder! - poder Escolher uma vida mais Plena - poder decidir com mais Lucid...