segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

2021 - e o que vem por aí

Grandes mudanças já vinham sendo anunciadas referente à conjunção planetária que aconteceria em 2020 e mesmo assim fomos todos surpreendidos e abalados em várias áreas da vida. Vivenciamos acontecimentos inesperados que continuam nos exigindo maturidade emocional e flexibilidade pessoal para estruturar uma nova rotina.
 
Trânsitos planetários que acontecem em média a cada 600 estão chacoalhando as estruturas do mundo para um novo início de era se estabelecer na terra. Em 2021, e possivelmente até 2023, ainda passaremos por muitos ajustamentos, nesta recalibração mundial que está aí para manifestar uma nova consciência coletiva.

Para melhor compreensão de tudo isso que está acontecendo, é importante voltar no tempo um pouco e relembrar algumas mudanças que já se apresentaram.

Desde 2008 Plutão transita no signo de Capricórnio e vai assim até 2023, forçando todas as estruturas de poder a mostrar sua solidez e maturidade. Em 2012, Netuno entrou no signo de Peixes, muito se falou em fim do mundo. E o mundo acabou mesmo, o mundo cartesiano enrijecido começou a ser dissolvido naquela época, e esse trânsito vai até 2025. Entre 2018 e 2025, Urano está transitando em Touro, quebrando modelos e padrões de comportamento cristalizados por repetições familiares e culturais que não tem mais razão para existir.

É melhor olhar para a história para compreendermos melhor a seriedade destas mudanças.

No último trânsito de Plutão por Capricórnio aconteceu a Revolução Americana. Quando Netuno passou por Peixes se deu a queda do Império Romano. E a 2ª Guerra Mundial aconteceu quando Urano estava em Touro. Estamos novamente com os mesmos 3 planetas geracionais repetindo esses mesmos trânsitos.

2020 e 2021, podem ser considerados os anos divisores de eras por conta destes movimentos planetários, e mais ainda por Saturno e Júpiter se encontrarem com Plutão em Capricórnio e detonarem as mudanças que vinham fermentando desde 2008.

Agora em 2021, Júpiter fica iluminando tudo que ainda precisamos evoluir relacionado à energia da era de Aquário, enquanto Saturno exigirá seriedade e maturidade em posicionamentos pessoais até 2023.

Cada era astrológica dura em média 2 mil anos e a transição de uma era para outra leva algum tempo para ser ancorada. Todas as pessoas que nasceram desde a década de 50 trazem em Si as sementes para esta transição da energia de Peixes para Aquário.

A era de Aquário personifica liberdade, igualdade e fraternidade. Portanto, estamos todos sendo exigidos a nos alinhar com a Verdade para que a Luz vibre com mais amplitude no mundo.
 
Nesta era de Aquário em que somos chamados a nos tornar os avatares de uma nova consciência não poderemos mais terceirizar a salvação pessoal. 

Teremos que sintonizar com a plenitude, exercitar total comprometimento com a Verdade em nossos posicionamentos e elevar a frequência mental para sintonizar com abundância, prosperidade, bênçãos, saúde, luz e felicidade.
 
É a consciência da Verdade de cada um que precisa vibrar com ainda mais intensidade no mundo, para o Bem de todos!
 
Então, se alinhar o mental com a mais alta vibração possível é a exigência deste novo tempo, precisamos prestar atenção em tudo o que colocamos o foco, priorizar decisões que resultem em paz, tranquilidade e bem-estar, e eliminar todos os pensamentos de medo, ansiedade ou desconfiança.
 
2021 ainda será um ano de transição!
 
Janeiro foi intenso, agitado, barulhento, com vários planetas alinhados no signo de Aquário. Tivemos muitos desafios nos exigindo olhar melhor o que ainda precisava ser organizado para a vida estabilizar e muitas oportunidades para milagres e bênçãos se manifestarem, por consequência.
 
Vamos dar uma espiada no que vem pela frente nos próximos meses?
 
A partir de 31 de janeiro, até 20 de fevereiro, Mercúrio em movimento retrógrado pode gerar confusão mental e desentendimentos verbais, aumentar as discussões e abrir espaço para interpretações equivocadas. Esse período pede mais atenção com os contratos, calma nos posicionamentos e maior lucidez em todos os acordos e combinações. Talvez seja necessário esperar, rever, revisar, ponderar, recuar, olhar sob outra perspectiva, decidir somente se o coração estiver completamente tranquilo com tudo.
 
Março
tende a ser um pouco mais calmo, especialmente na área dos relacionamentos, com Vênus e Sol conjuntos a Netuno no signo de Peixes. Período fantástico para usar a intuição, sintonizar com a Presença Divina, exercitar a Aceitação e o Perdão e se alinhar com a plenitude do coração.

Em Abril, teremos potencial para muitas mudanças, rupturas, revisões e reinícios com Sol, Mercúrio, Quíron e Vênus conjuntos em Áries formando quadratura a Plutão retrógrado em Capricórnio. 

Então, preste atenção às interpretações pessoais, se mantenha mais presente, não seja tão drástico, tenha calma nos posicionamentos e faça acordos usando a lógica e a coerência. Tudo o que sai da boca precisa ser sustentado pela Verdade, do contrário irá gerar equívocos, transtornos e arrependimentos.
 
Júpiter passeia pelo signo de Peixes em Maio e Junho, enquanto Saturno fica retrógrado em Aquário. Importante evoluir os conceitos pessoais de auto merecimento, exercitar auto aceitação e auto perdão. Acolher, sem resistência, o que vai acontecer pode gerar insights e iluminar os posicionamentos. Oportunidades irão surgir para liberarmos o passado e todas as repetições que nos prendem há muito tempo.
 
Em Junho e Julho podemos esperar cobrança de tributos e muita pressão para rever todos os valores pessoais. Vários planetas andando desalinhados com a terra potencializam um período tenso e dramático, possivelmente teremos que lidar com medos e inseguranças, confusão mental, indecisão, desentendimentos, frustrações, ansiedade. Contudo, o potencial em equilíbrio que virá junto com os desafios também será excelente para cura e transformação.
 
Para Agosto e Setembro teremos 5 planetas retrógrados, exigindo calma e atenção redobrada. O ideal será silenciar, exercitar a confiança e a tranquilidade, centrar emocionalmente, observar e controlar a mente ansiosa. Aproveite para olhar sob outra perspectiva o que ainda parece estranho e confuso, toda essa pressão vai passar logo mais!
Em Outubro, Júpiter e Saturno voltam em seu movimento direto em Aquário e iremos perceber a pressão aliviar. Aí será hora para reorganizar a vida porque tudo o que antes parecia confuso vai ficar mais claro.
 
Quase no final do ano, em Novembro, podemos esperar portas abertas para grandes e efetivas mudanças. Seremos chutados para fora ou acordaremos, através de acontecimentos inesperados, em outra realidade.
 
Júpiter retorna para o signo de Peixes e Netuno, finalmente, se alinha em movimento direto em Dezembro. Mês excelente para milagres e curas efetivas se manifestarem. Certamente estaremos mais preparados para a transcendência e a ressureição potencial de 2022.
 
Ajustamentos acontecem através do Amor ou através da dor e o céu só está nos pressionando a evoluir emocional e espiritualmente. Respirar, orar, fazer um mantra, confiar para tudo fluir com mais tranquilidade.
 
Também é possível desconfiar, resistir e se debater, e permanecer em sofrimento administrando contratempos. Ou exercitar a coragem e a maturidade emocional para se render à mudança, através da Aceitação e do Auto Respeito.
 
Importante lembrar que o resultado desse grande movimento planetário será a expressão máxima da Verdade, em todas as áreas da nossa vida. Nada com que se preocupar, portanto!
 
‘Nada que é Real pode ser ameaçado’ – aqui é a Lucy Strada e o meu desejo é que a Luz se multiplique ainda mais no mundo.


www.psicomatriz.com.br

2021 - e o que vem por aí

Grandes mudanças já vinham sendo anunciadas referente à conjunção planetária que aconteceria em 2020 e mesmo assim fomos todos surpreendidos...